sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

[NÃO HÁ POEMAS]



AQUI NESSE ESPAÇO,
NÃO HÁ POEMAS!

AQUI, ESSE TRAÇO,
NÃO É UM POETA!
MAS SOU EU QUE FAÇO,
A MINHA PALAVRA ABERTA!

NÃO, NADA SE ESCREVEU!
NÃO SE ESQUECEU NADA,
NINGUÉM MORREU!
MEU FILHO NÃO NASCEU!

O MEU POEMA, NÃO SOU EU
ESSE TEXTO NÃO É...
UM POEMA... NÃO QUER
NASCER... E MORRE!


(Igor Barbosa)

3 comentários:

Pedra do Sertão disse...

Olá, Igor,

um início de ano bem inspirador para vc...abraço

Ela.May disse...

simplismente lindo...

deveria escrever mais por aqui!

Everlania disse...

Poema lindo... mas me causou uma raiva...

Quem Passa:

Minha lista de blogs

Pesquisar este blog